Grupo de Folclore As Lavadeiras da Ribeira da Lage


Go to content

Porto salvo

A nossa Terra

VILA E SEDE DA FREGUESIA

Escudo de azul, cruz de negro, com base de âncora, debruada de prata e carregada, no cruzamento dos braços, de uma rosa mística de ouro, botoada de vermelho e folhada de verde; cruz acompanhada de duas armações de moinho de negro, vestidas e cordoadas de prata. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com legenda a negro, em maiúsculas: «Porto Salvo»
Bandeira - de amarelo. Cordão e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro

Painel de azulejos do chafariz de Porto Salvo, situado numa zona central da vila, este painel representa a vivência rural desta região, com um lavrador e uma junta de bois na lavra da terra.
---------------------------------------------------------------------------

Capela Nossa Senhora de Porto Salvo

A sua fundação, sabe-se que o templo primitivo era bastante antigo, mas "não remontando além do século XVI" ignorando-se no entanto, a data exacta da sua edificação. A tradição oral, conta, que na sua origem esteve uma promessa de mareantes da carreira da Índia que, durante a viagem de regresso, se viram em grande perigo e prometeram a Nossa Sra., que se chegassem sãos e salvos a Portugal, lhe dedicariam como memória, uma ermida, sob o título de "Porto Salvo", no primeiro lugar alto que avistassem à sua entrada.
A actual Ermida foi erguida nas ruínas do edifício original, mandada remodelar e ampliar pelo Capitão Manuel Carvalho, em 1670, tendo sido concluída em finais do século XVII. Esta pequena Capela segue a linha arquitectónica tradicional das capelinhas rurais portuguesas. No seu interior, encontramos uma planta de estrutura simples de apenas uma nave e uma capela-mor com abóbada. Surpreende-nos pelo seu ambiente tipicamente Barroco, totalmente revestida de painéis azulados do século XVIII.
O conjunto dos painéis de azulejos é composto por dois painéis que se encontram na fachada e por outros dois que revestem o interior da nave até meia altura. Datam de 1740 e são da autoria de Policarpo de Oliveira Bernardes. Os painéis que se encontram na fachada ladeiam a porta, debaixo do alpendre e representam dois milagres da Senhora de Porto Salvo.
Na nave encontram-se dois outros painéis representando cenas da vida da Virgem, formando de cada lado um painel único. O do lado do evangelho, o esquerdo, vai da parede fundeira até ao púlpito, num total de 24 azulejos. O lado da epístola, o direito, termina na silharia de uma porta que, segundo a legenda, foi inutilizada em 1874.
Junto ao arco triunfal existe uma caixa de esmolas "rocaille" com uma pequena pintura de Nossa Senhora.


O Taguspark - Parque de Ciência e Tecnologia assume-se assim como um Centro de Competências diversificadas, modernas e em constante actualização, num espaço seleccionado, gerido e orientado para potenciar o aproveitamento mútuo das vantagens que resultam das proximidades ali desenvolvidas - o Espaço das Sinergias, localizado em Oeiras - Porto Salvo, concelho com uma tradição de acolhimento de Instituições de Ciência e Tecnologia.
O Lagoas Park, sito junto do Bairro Moinho das Rolas em Porto Salvo e a localidade da Ribeira da Laje, projectou novamente Porto Salvo ao estabelecer no território desta freguesia a sede de diversas empresas multinacionais da área farmacêutica, automóvel, construção e de novas tecnologias.
Para além das melhorias substancias ao nível do urbanismo, emprego, acessibilidades e ambiente o Lagoas Park desempenha hoje um papel fundamental no desenvolvimento de Porto Salvo e no fortalecimento da ideia de que esta freguesia possui condições de excelência para a implementação de plataformas

Home Page | Grupo de Folclore | Agenda | A nossa Terra | Associação Cultural | Contactos | Nós na rede | Ligações | Site Map


Back to content | Back to main menu